Venda ou alugue a sua casa!
Área Pessoal Lista de imóveis

Pesquisar Notícias

Pesquisar

ler mais Agenda

07 mai 13 a 11 mai 13 Tektónica Moçambique

26 out 12 a 28 out 12 - Madrid - Palacio de Congresos de Madrid Salón de la Vivienda de Madrid

02 março 2012

Investimento imobiliário europeu cresceu 4% em 2011

Investimento imobiliário europeu cresceu 4% em 2011

Segundo o mais recente estudo da CBRE, o esforço para concluir transações de investimento no imobiliário comercial europeu antes do final de 2011 impulsionou o volume de investimento anual para 115 mil milhões de euros, o que representa um aumento de 4% em termos anuais, em comparação com 2010 em que se registaram 110 mil milhões de euros.

O quarto trimestre de 2011 fechou com solidez, com um aumento de 15% na atividade de investimento relativamente ao trimestre anterior, para 32 mil milhões de euros, demonstrando que, apesar do panorama económico incerto, os investidores continuam a acreditar no imobiliário comercial europeu.

O crescimento do investimento em imobiliário comercial durante o quarto trimestre face ao terceiro trimestre de 2011 foi especialmente forte em França (+65%), Países Nórdicos (+40%) e Benelux (+42%). A atividade de investimento imobiliário na Península Ibérica também mais do que duplicou relativamente ao terceiro trimestre, apesar de ter tido por base níveis muito baixos.

No quarto trimestre de 2011, a atividade do mercado de investimento imobiliário francês cifrou-se em 6,5 mil milhões de euros. Este foi o volume de investimento trimestral mais elevado para França desde o terceiro trimestre de 2007 e ultrapassou todos os mercados europeus no quarto trimestre, à exceção do Reino Unido, que registou uma atividade de investimento estimada em 8,3 mil milhões de euros.

França transacciona activos únicos

A atividade de investimento em França concentrou-se fortemente no setor de escritórios de Paris e incluiu transações de ativos únicos e de grandes portfólios. O nível de atividade foi impulsionado pelo prazo de final de ano para vendas de imobiliário corporate a REITs (Fundos de Investimento Imobiliário) com uma menor taxa de imposto sobre as mais-valias. Como resultado, a oferta adequada aumentou, embora outros fatores, como a necessidade de liquidez de alguns investidores, também tenham contribuído para o extraordinário desempenho do final do ano.

Os Países Nórdicos registaram uma forte atividade de investimento no imobiliário comercial durante o quarto trimestre de 2011, com bom desempenho de Suécia e Dinamarca. Em parte, os Países Nórdicos beneficiaram de procura segura dada a sua posição fora da zona euro. Após o dinamismo verificado ao longo do ano, o volume de negócios dos mercados da Europa Central e de Leste e Itália abrandou no último trimestre.

Europa: Norte e Sul afastam-se

Refletindo o fosso económico entre o norte e o sul da Europa, o investimento imobiliário comercial em mercados ‘core’ do norte – nomeadamente Reino Unido, França, Alemanha e Suécia - registou crescimento numa base anual. Em contrapartida, o investimento em Itália, Portugal e Espanha registou em 2011 níveis de atividade inferiores comparativamente a 2010.

Jonathan Hull, Diretor do Departamento de Capital Markets da região EMEA da CBRE, comentou, “Apesar do clima económico de incerteza, em 2011 o investimento imobiliário na Europa superou os níveis de atividade registados em 2010, impulsionado pelo final do ano. Os investidores mantêm o interesse em ativos prime em mercados com liquidez e os números do último trimestre confirmam que França, Alemanha, Reino Unido e Países Nórdicos são fundamentais para estratégias core.”


Atividade de Investimento no Imobiliário Comercial Europeu

Vol. de Negócios €M T4 2011 T3 2011 Variação T4/T3

Reino Unido 8.339 7.731 8%
Alemanha 5.832 5.690 2%
França 6.510 3.950 65%
Países Nórdicos 5.126 3.671 40%
Benelux 1.835 1.295 42%
Itália 851 1.309 -35%
Península Ibérica 890 331 169%
Europa Central e de Leste 1.572 2.911 -46%
Europa* 31.909 27.766 15%

* Inclui Áustria, Grécia, Irlanda e Suíça

Fonte: CBRE, KTI, PropertyData e Realia Management

Fonte: CBRE

Notícias relacionadas

Investimento imobiliário europeu cresceu 4% em 2011 02 março 2012

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.